Olá amigos corredores, obrigado por sua visita! Se gostou do nosso blog, indique-o para seus amigos.

Hello, my friends! welcome to Mundo das corridas! If you like this space, please share it with your friends.

Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Mundo das corridas! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.

!Hola! , amigos . Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos.

31 de maio de 2016

DIA MUNDIAL SEM TABACO - DIA 31 DE MAIO DE 2016

ATENÇÃO GALERA VICIADA EM CIGARROS!!!
HOJE -  31 de maio - é celebrado, desde 1987, o Dia Mundial sem Tabaco, criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a fim de alertar sobre as doenças e mortes evitáveis causadas pelo tabagismo. Para este ano, a OMS faz o apelo para que os países padronizem as embalagens de cigarro a fim de reduzir a atratividade ao produto, pois, segundo o órgão, o tabagismo é uma doença psiquiátrica crônica e transmissível, pela publicidade.
O psiquiatra Daniel Sócrates, da capital paulista, lembra que, de todas as drogas, o cigarro é o que causa a maior e a mais rápida dependência, tanto física quanto psicológica.
“O organismo do fumante se acostuma a receber uma certa dose de nicotina e, quando ele deixa de fumar, o corpo sente falta e precisa se adaptar à ausência da substância. Daí a pessoa tem sintomas físicos de abstinência, como dores de cabeça, dores de barriga, tremores etc.”, conta, “no âmbito emocional, o cigarro age como um ‘amortecedor’ para as emoções. O fumante consome mais cigarros quando se sente sozinho, triste, bravo, preocupado e até mesmo feliz”, alerta o psiquiatra.
Há ainda a dependência comportamental, quando o fumante associa o ato de fumar a algum hábito como antes de dormir, antes de ir ao banheiro etc. e não consegue fazer essas ações sem o cigarro.
“Sabemos que 80,5% dos fumantes querem parar de fumar. Para que isso ocorra, é preciso saber qual o seu tipo de dependência e é preciso orientação médica para conseguir ter sucesso na interrupção do hábito, que pode causar distúrbios psiquiátricos, que tratamos com medicamentos para reduzir a ansiedade e a irritação”, conta Dr. Daniel Sócrates.
A falta de nicotina provoca sintomas como insônia, inquietude, ansiedade, depressão, redução da atenção e da concentração, aumento do apetite, fissura etc. “Com medicamentos específicos, a chance de conseguir manter-se abstinente do cigarro aumenta em até 10 vezes”, conta o psiquiatra, que diz que, para os fumantes emocionais, ainda é preciso associar ao tratamento a terapia, para entender a causa do vício e como lidar com as emoções sem a “bengala” do cigarro.
Veja alguns dados alarmantes:

DADOS EPIDEMIOLOGICOS SOBRE O TABAGISMO

·         O tabagismo é hoje a principal causa de morte evitável em todo mundo
·         1/3 da população mundial adulta fuma. Destes 1,25 bilhões de pessoas, 30 milhões estão no Brasil
·         5 milhões de pessoas morrem a cada ano devido a doenças causadas diretamente pelos derivados do tabaco
·         Cerca de 100 milhões de indivíduos morreram durante o século XX em virtude da dependência de nicotina
·         Calcula-se 1 bilhão de mortes do século XXI
·         O tabagismo é considerado uma doença pediátrica – 80 a 90% dos indivíduos começam a fumar na infância/adolescência.
·         A medicina já identificou cerca de 80 doenças relacionadas ao cigarro.
·         Segundo a OMS, o tabagismo sozinho mata mais que Aids, cocaína, heroína, álcool, suicídio, incêndio e acidentes de trânsito em conjunto.
·         De cada dois fumantes, um morre por doença causada por cigarro.
·         Segundo cálculos da OMS, as pessoas que fumam a vida toda perdem, em média, 22 anos de vida.
·         Com nenhuma outra droga, o usuário consegue tantas doses por dia. De calcularmos que o sujeito fuma 1 maço/dia (20 cigarros) e dá, em média, 15 tragadas por cigarro, são 300 doses de nicotina/dia.

TABAGISMO E O SEXO FEMININO

         A mulher fumante tem um risco maior de infertilidade, câncer de colo de útero, menopausa precoce (em média 2 anos antes) e dismenorréia (sangramento irregular).
·         O risco de infarto do miocárdio, embolia pulmonar e tromboflebite em mulheres jovens que usam anticoncepcionais orais e fumam chega a ser dez vezes maior que o das que não fumam e usam este método de controle da natalidade. Calcula-se que o tabagismo seja responsável por 40% dos óbitos nas mulheres com menos de 65 anos e por 10% das mortes por doença coronariana nas mulheres com mais de 65 anos de idade.
·         Entre as mulheres que convivem com fumantes, principalmente seus maridos, há um risco 30% maior de desenvolver câncer de pulmão em relação àquelas cujos maridos não fumam.

TABAGISMO E GRAVIDEZ

         Fumar durante a gravidez provoca aborto espontâneo, nascimento prematuro, morte fetal e de recém-nascido, complicação com a placenta e episódios de hemorragia mais freqüentes.
·         A gestante que fuma apresenta mais complicações durante o parto e tem o dobro de chances de ter um bebê de menor peso e menor comprimento, em comparação à gestante que não fuma.
·         Um único cigarro fumado por uma gestante é capaz de acelerar, em poucos minutos, os batimentos cardíacos do feto.
·         Os riscos para a gravidez, para o parto e para a criança não decorrem somente do hábito de fumar da mãe. Quando a gestante é obrigada a viver em ambiente poluído pela fumaça do cigarro ela absorve as substâncias tóxicas da fumaça, que pelo sangue passa para o feto. Quando a mãe fuma durante a amamentação, a nicotina passa pelo leite e é absorvida pela criança.
§  17% das grávidas fumam.
·         No leite materno existe três vezes mais nicotina que no sangue da mãe que fuma.

BENEFÍCIOS INTERRUPÇÃO DO TABAGISMO

§  20 minutos: a pressão e a pulsação voltam ao normal.
§  8 horas: o nível de oxigênio no sangue se normaliza.
§  24 horas: as chances de um ataque cardíaco diminuem.
§  48 horas: a capacidade de sentir cheiro e sabor melhoram.
§  2 semanas a 3 meses: a circulação melhora, fica mais fácil caminhar e a função pulmonar aumenta;
§  1 a 9 meses: diminui a tosse, a congestão nasal, o cansaço, a falta de fôlego.
§  1 ano: a chance de ter um ataque do coração está reduzida à metade.
§  5 a 15 anos: o risco de derrame e de enfarto reduz ao nível das pessoas que nunca fumaram.

§  FUMO PASSIVO

•          A fumaça que sai da ponta do cigarro contém 3 vezes mais nicotina, 3 vezes mais monóxido de carbono e 50 vezes mais substâncias cancerígenas.
•          O risco de desenvolver Câncer de Pulmão, para um fumante passivo, é três vezes maior do que para os que não estejam expostos à fumaça alheia !
•          O fumo passivo é a maior causa de doença respiratória em crianças.
•          De acordo com a OMS, metade das crianças do mundo é fumante passiva
•          Em esposa não fumante de marido fumante:
                   - Risco de acidente coronário aumenta 25%
                   - Risco de câncer do pulmão aumenta 26%

FONTE: Dr. Daniel Sócrates
Informações para imprensa:

Mayra Barreto Cinel – Comunicação

(11) 4562-1676 e 9.9986-8058


SE EU CONSEGUI PARAR DE FUMAR , QUALQUER PESSOA CONSEGUE!!!

QUERO DEIXAR AQUI MEU REGISTRO DE QUANTO O CIGARRO DESTRÓI E QUEM FUMA NÃO PERCEBE.
JÁ SE PASSARAM 26ANOS QUE PAREI DE FUMAR E FAZENDO AS CONTAS, QUANTO DEIXEI DE GASTAR COMPRANDO CIGARROS . ISSO SÓ A PARTE FINANCEIRA. NÃO LEVEI EM CONSIDERAÇÃO O RETORNO DA SAÚDE QUE ISSO NÃO TEM PREÇO "É INCALCULÁVEL".
QUANDO FUMAVA,  FUMAVA 2 MAÇOS/CARTEIRAS DE CIGARROS POR DIA
ENTÃO: 26 ANOS x 365 = 9490 DIAS
2 MAÇOS POR DIA= 18.980 MAÇOS/CARTEIRAS
COSTUMAVA FUMAR O CALRTON. TELEFONEI PARA UM BAR PERGUNTADO O PREÇO:
R$7,30 (SETE REAIS E TRINTA CENTAVOS CADA MAÇO/CARTEIRA)= R$14,60 (QUATORZE REAIS E SESSENTA CENTAVOS POR DIA)
R$ 14,60 X 18.980 (MAÇOS/CARTEIRA)=R$ 277.108,00 (DUZENTOS E SETENTA E SETE MIL E CENTO E OITO REAIS) ESSE VALOR SE CORREÇÃO MONETÁRIA.
DÁ PARA ACREDITAR?
VAMOS COLOCAR EM DISTÂNCIA AGORA?
CADA CIGARRO TEM 10cm 
UM MAÇO= 2 METROS
18980 MAÇOS/CARTEIRAS = 37,960 = MIL METROS , (QUASE UMA MARATONA?)

Nenhum comentário: