23 de agosto de 2013

ESTOU IMPEDIDO DE CORRER POR QUE TENHO UM FILHO PEQUENO!!!

OLÁ GALERA!!!
MAS PARA ABEL ESTA DESCULPA NÃO COLA.
QUANDO AGENTE PENSA QUE JÁ VIU DE TUDO... É SEMPRE UM ENGANO!!!
VEJAM O DEPOIMENTO DE ABEL, UM CORREDOR DE BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL.

Olá, amigos!
Resolvi escrever para divulgar as minha aventuras com meu filho. Meu nome é Abel, tenho 40 anos sou casado e tenho um filho chamado Gabriel de 2 anos e 5 meses. Moramos em Brasília e como sou apaixonado por corrida de rua estou sempre correndo e treinando pela cidade. Quando o Gabriel nasceu, eu e minha esposa combinamos que quando fossemos participar de corridas de rua, um de nós ficaria com o Gabriel enquanto outro corria. Bem, esse era o plano. Na minha vez de correr e ela ficar como Gabriel isso funcionou muito bem. Mas, quando foi a vez dela correr e eu ficar com o Gabriel, a coisa mudou. Eu me inscrevi na corrida apenas para caminhar (era o que eu pensava) eu levei o Gabriel, na época com 5 meses em seu carrinho e tinha como meta realizar uma caminha de 5 km apenas para ganhar uma medalha. Eu fui para o final da fila, atrás de todos e quando deu a largada eu iniciei a minha caminhada. Só que o sangue de corredor falou mais alto e eu resolvi andar um pouco mais rápido, pois, as pessoas a minha frente andavam muito devagar, e logo em seguida eu comecei a correr, quando dei por mim já havia ultrapassada muita gente e até ultrapassei minha esposa e seus amigos que haviam largado e já estavam correndo na nossa frente. Eu descobri que era possível correr com meu filho e que isso me dava muito prazer. Começou então a nossa parceria, comprei um carrinho especial para correr com ele, um triciclo para crianças até 15 Kg com rodas de bicicleta, cinto cinco pontas e toda a segurança e conforto que meu filho merecia. Hoje já temos 44 corridas juntos, em sua grande maioria de 10 Km e estamos iniciando um novo projeto: Vamos correr a nossa 1ª Meia Maratona, vamos debutar na Meia Maratona da Asics de Brasília. A preparação começa agora e vamos com tudo. 
Valeu Galera.

11 comentários:

ivana. disse...

Que show, amigo !

ivana. disse...

Que show, amigo !

ivana. disse...

Que show, amigo !

ivana. disse...

Que show, amigo !

Renata Bomfim disse...

Nossa, que história fantástica!!! fico imaginando a alegria dessa criança, ela nunca se esquecerá dessa experiência! Muitas pessoas utilizam os filhos como desculpa para deixar de fazer muita coisa legal, olha aí um exemplo de que é possível envolver a criança nas atividades da vida... parabéns!!!!

Bons Km disse...

História bem legal, pra quem está pensando em ter outro bebe e está com medo de perder o condicionamento e nunca mais voltar a competir, isso até anima um pouco, o que não anima é o preço do carrinho... e saber que Brasilia é uma cidade plana e a minha cidade, bem, é cheia de ladeiras. Bem isso são só desculpas, sempre dá pra tentar né.
Bons Km´s
JU

Luana Fonseca disse...

Parabéns!!! Não há desculpas para quem realmente quer!!!

Anônimo disse...

Eh... Bem legal a história... Mais Brasilia é mto quente e precisa hidratar e proteger bem esse pequeno do sol.

Anônimo disse...

Sempre corro com ele protegido do sol e bem hidratado, uso bastante protetor solar e hidrato sempre meu filho. O site klin.com.br tem carrinhos a preços muito bom. Um grande abraço e Obrigado pelos comentários. Sou Abel pai do Gabriel e corredor de rua.

Anônimo disse...

Sempre corro com ele protegido do sol e bem hidratado, uso bastante protetor solar e hidrato sempre meu filho. O site klin.com.br tem carrinhos a preços muito bom. Um grande abraço e Obrigado pelos comentários. Sou Abel pai do Gabriel e corredor de rua.

Luiz Bittencourt disse...

OLÁ ABEL E GABRIEL BOA NOITE.
É UMA GRANDE ALEGRIA RECEBER SEU COMENTÁRIO AQUI NO MUNDO DAS CORRIDAS. CONTINUO TE PARABENIZANDO PELA CRIATIVIDADE E DISPOSIÇÃO, SERVINDO DE EXEMPLO PARA MUITAS PESSOAS QUE ARRANJAM PRETEXTO PARA NÃO PRATICAR ATIVIDADE FÍSICA.
UM FORTE ABRAÇO
LUIZ BITTENCOURT