Olá amigos corredores, obrigado por sua visita! Se gostou do nosso blog, indique-o para seus amigos.

Hello, my friends! welcome to Mundo das corridas! If you like this space, please share it with your friends.

Dzień dobry, drogi czytelniku, witaj w blogu Mundo das corridas! Dziękujemy za wizytę. Jeśli nasz blog ci sie spodobał, poleć go swoim znajomym.

!Hola! , amigos . Sea bienvenido y si le gustó mi blog, recoméndelo a sus amigos.

9 de dezembro de 2012

5ª MEIA MARATONA VOLTA DA ILHA DE VITÓRIA/ES

SÁBIAS PALAVRAS DO ATLETA CORREDOR , CIDADÃO E REPORTER RODRIGO PESSANHA.
FOTO: RODRIGO PESSANHA
Quando uma pessoa faz alguma coisa de qualquer jeito é porque aquela coisa não é prioridade e o resultado daquilo não faz diferença nenhuma para ela. Mesmo assim, essa mesma pessoa quer que todos acreditem que o produto final é muito bom. Essa é uma prática antiga, que passou a não ser tolerada em sociedades mais evoluídas, mas continuam bem frequentes em países como o Brasil.
A quinta edição da Meia Maratona Volta da Ilha de Vitória ratifica o atual estágio do esporte no Espírito Santo. Diga-se de passagem, um Estado que vai acolher a seleção de natação da Austrália para os Jogos do Rio e que continua uma forte campanha para receber outras seleções para os dois eventos, em 2014 e 2016. Enquanto isso, os mesmo que posam de bons moços perante as câmeras, continuam tratando muito mal os santos de casa. É inadimissível uma corrida do porte de uma meia maratona ser divulgada com apenas 18 dias de antecedência. Até casamento no civil dá mais tempo pros convidados se prepararem (a Meia do Rio, em agosto de 2013, já está com inscrições abertas). Uma total falta de respeito com os participantes (amadores e atletas de alto nível). Mas quem liga para eles? Quem liga para a imagem da cidade? O próprio inscrito não exercita o auto-respeito. Boa parte sabe que adquiriu um serviço de péssima qualidade, mas se cala. No final, o que importa, para o governo, é botar no balanço de fim de ano as realizações; e para o atleta, que correu mais uma prova na carreira.
O resultado das tradicionais indiferença e incompetência foi visto nas ruas. Corrida esvaziada, marcada para o mesmo dia que a tradicional Volta da Pampulha, em Belo Horizonte. Aí, vem outra questão: como planejar o trânsito de uma cidade pequena e dominada pelo vício do automóvel em tão pouco tempo? Impossível! Motoristas impacientes e mal educados nos cruzamentos, corredores correndo risco de serem atropelados e autoridades de trânsito ausentes na maioria dos pontos críticos. No cruzamento da Praça Costa Pereira, no centro, por várias vezes, presenciei situações de conflitos motoristas x corredores, sem que um membro da equipe de apoio estivesse perto. Aí, surge outra pergunta: onde foram gastos os mais de R$ 379 mil reais da prova deste domingo?
Para a maioria, o que importou, realmente, foi cruzar a linha de chegada e celebrar a vida e o bem-estar. Mas defeitos tão aparentes e previsíveis não podem ser tolerados. Quem corre também é responsável pelo sucesso do produto e num evento como esse, um erro pode significar vidas. Segundo Murphy (considerado um chato de galocha!), se tudo sempre parece estar bem, é porque você não olhou direito! E se olharmos bem, estamos correndo bem, com mais saúde, mas evoluindo muito pouco como cidadãos, que cobram e questionam seus governantes.

5º edição Meia Maratona Volta da Ilha de Vitória

21,1 km masculino
vencedor – Edmilson Reis (BA) – 1h07min31s
21,1 km Feminino
vencedora – Geovana Santos Pereira (BA) 1h27min12s
5km masculino
vencedor – Wanderley da Conceição Gomes (ES)
5 km feminino
vencedora – Synara de Souza Sales
FONTE: BAÚ DO PESSANHA
RESULTADO S
RESULTADOS 5 KM

11 comentários:

Anônimo disse...

quem foi diz ai como foi a prova

to curioso

Anônimo disse...

obs: a pampulha foi maravilhosa ;]

Anônimo disse...

prova excelente belo visual.sem problemas desde a retirada do kit ate a chegada.unico problema foi o sol escaldante.obvio que o numero pequeno de participantes diminuiu o brilho da corrida,fruto da incompetencia dos organizadores.Uma corrida deste nivel deve ser divulgada com meses de antecedencia como as grandes corridas do brasil.quem sabe com a nova administraçao da prefeitura no proximo ano esta corrida se agigante.

Anônimo disse...

A corrida foi boa, no geral, mas teve as falhas de organização que já eram previsíveis, como o Rodrigo apontou no texto, por ter sido agendada em cima da hora. Faltaram guardas para acompanhar o percurso, os motoristas não respeitavam os corredores. Vi corredor quase sendo atropelado embaixo da Segunda Ponte e na Ilha do Boi. Também acho que houve falha da organização quanto aos pontos de água. Em dois deles, a água estava quente e o último era muito longe da chegada, mais de três quilômetros de distância, algo insuficiente para o sol escaldante de hoje.

ivana. disse...

Falhas são bem comuns por aqui, também.

GREVI disse...

As falhas da organização já começaram no dia em foi divulgada a data da Meia Maratona Volta a Ilha...Mas como minha amiga Ivana já citou, falhas por aqui são comuns.....Ano que vem a bagunça continua...Espero que não....

Nota 10 para Pampulha, mesmo com uma subida terrivel na chegada, que quebrou até queniano...kkkkk


Anônimo disse...

não acho o problema ser as pessoas se calarem, vi muita gente divulgando todo desagrado por causa da desorganização da Garoto esse ano, e não ouvi nenhuma promessa de melhoras. na verdade, todos os responsáveis calaram-se.
Agora, será que a voz do povo será ouvida? duvido!!!
O movimento deve iniciar nas "entidades que promovam, pratiquem ou contribuam para o desenvolvimento da respectiva modalidade" (Decreto-Lei nº 248-B/2008 de 31-12-2008), ou seja, a ACORES devia ser mais ativa e presente, não apenas um emblema na camisa e nos banners.
Abraços a todos!
Diego.

dxible@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Está havendo uma banalização em relação a corridas de rua aqui no Estado. O calendário de corridas foi lançado semana passada e dessa forma poderemos nos preparar com antecedência. Sou contra simplesmente lançarem e jogarem "em nosso peito" corridas de uma hora pra outra. Fiquei surpresa ao saber ontem que sábado haverá uma corrida. Surpresa pois sexta já haverá uma noturna e VV e domingo haverá a da Vale. Será que não daria para segurar para janeiro ou fevereiro? Acho que haveria participação de mais atletas. Faço minhas as palavras do amigo assima que lembrou bem das contantes faltas de água nas corridas da Garoto. Como sou iniciante a única água que tomei após a subida da terceira ponte foi a oferecida pelos populares. Para que os organizadores vejam melhor a demarcação do trajeto pois o que mais vemos é corredor dividindo lugar com os automóveis. E que esse ano voltemos a participar da Corrida dos Carteiros, 10km Unimed e Banescard.
Um bom início de semana a todos.

Anônimo disse...

Apesar de tantas reclamações por direito de todos,até concordo,realmente precisa melhorar mais.Mais tem um lado positivo,a largada da meia maratona de vitória foi bem cedo,eu não vi ninguém passando mal com o calor,apesar que aqui em nosso estado é muito quente.Mais os atletas já estão acostumado com o clima,eu abaixei 2 minutos estou super feliz.Tenho que dar parabéns pela organização tem melhorando bastante e acredito que vai melhorar cada vez mais.Havia sim carros passando devagar e torcendo pelo público isso chamou minha atenção.O que falta é cada um ter um pouquinho de colaboração.Temos sim que tomar cuidado porque nem todos tem educação no trânsito e isso deveria ter uma punição severa,muitas vidas já morreram por causa desses velocista do trânsito.Deveria sim diminuir a velocidade dos carros para a gente correr na frente deles e eles tomar vergonha e correr também para ter uma boa saúde em vez de acha que estão na melhor.

Anônimo disse...

Infelizmente mais uma vez a Meia Maratona de Vitória foi literalmente péssima na organização, divulgação e acima de tudo segurança.
Enquanto tivermos pessoas sem comprometimento com o desenvolvimento de boas provas de corrida de rua, na frente da organização. Isso sempre vai se repetir.
Uma vergonha para o Espírito Santo!

Laély disse...

Quando fiquei sabendo dessa corrida, logo me preocupei com a organização: "como assim, uma meia divulgada tão em cima da hora?!"
Minha maior preocupação era com abastecimento de água.
Fiz a meia maratona da Caixa( RJ), esse ano, e a prova foi impecável!
Participei dessa e destaco alguns pontos positivos da meia, em Vitória:
-Horário de largada mais cedo; houve um atraso, tolerável, de 20'.
-Não faltou água, apesar do último ponto ter sido distante da chegada.
-O percurso é lindo, tanto quanto a prova do Rio. (O estado precisa dar-se conta de que tem aptidão para o esporte!)
Pontos negativos:
-Os já citados no post.
Realmente, o número de participantes foi pequeno.
Faltou divulgação. Ninguém faz uma corrida de média distância como essa, a menos que já venha no rastro de outras.
Sem banheiros, no percurso( o mesmo problema da meia anterior, de Shopping à Shopping).

O trânsito deu um nó. Após a prova, demoramos mais de 30' pra voltar, de Jardim Camburi ao ponto da largada.

A corrida de rua só tem crescido, no estado.
Hora de levar o assunto mais a sério.
Abraço!